A física quântica nos ensina que mesmo o mundo material é criado por nós, momento a momento.


Consultora motivacional, escritora e terapeuta, Anna Sharp utiliza a física conceitual, ou das significações como base de seu trabalho de aperfeiçoamento humano. Já atendeu mais de 10.000 alunos no Brasil e no exterior com seu método transformador, o Processo de Pesquisa Interior.

Anna Sharp estudou Física e Astronomia na UFRJ e tem formação no exterior em Hipnose, Primal Therapy, Regressáo, Gestalt Therapy, Programaçõo Neurolinguística e Processo Fisher-Hoffman, com especialização no Eneagrama das Personalidades. Liderou grupos de estudos de “Um Curso Em Milagres” de 1981 até 2010.

Artigos          Confira aqui diversos artigos publicados por Anna Sharp.



Perfil


Nasci na Av. Atlântica, com o som das ondas do mar dentro de mim, ora rebeldes avançando na calçada, ora suaves e deslizantes. Cresci na Lagoa Rodrigo de Freitas, em meio aos Flamboyants e aos Tamarindos, com a calmaria das águas à minha frente. Preciso ter sempre água por perto... O "- Ela é tão boazinha..." foi aos poucos sendo trocado pelo "- Para de ser curiosa menina!" intercalado por "- Com certeza foi Anna Maria quem fez!", quando algo saía errado.

Até hoje, quando me chamam de Anna Maria, estremeço! Fui me experimentando no confronto com três irmãos e a autoridade de papai e mamãe. Valeu, queridos! A rebelião começou a se manifestar no Colégio Sacré-Coeur de Marie, onde eu ousadamente rompia os estreitos limites impostos por uma educação repressora e rígida. Preferi a culpa e os castigos à submissão. A fé imposta foi rejeitada de início, quando Nossa Senhora se recusou a fazer um milagre para mim.

A verdadeira, se manifestou no caminho de busca às perguntas escritas por uma freirinha, em meu caderno de catecismo, aos onze anos de idade: "Quem sou?, De onde vim? Por que?". Saí buscando... curiosa. Não encontrei as respostas, mas no caminho encontrei a fé, encontrei Deus, encontrei a mim mesma e a segurança nas incertezas. Valeu, Sacré-Coeur! Saí mais uma vez dos padrões estabelecidos, casando apaixonada e grávida; voei do Rio de Janeiro para uma fazenda de café, no interior de Mato Grosso.

Só conhecia o mato de nossa casa em Teresópolis e imaginava uma fazenda igual às dos filmes da Metro; era bem diferente! O choque inicial mais uma vez foi superado pela curiosidade em descobrir aquele mundo desconhecido e fascinante. Descobri novos valores, descobri a natureza, encontrei a mãe Terra. Valeu, Mato Grosso! Voltamos sete anos depois, quebrados no orgulho e no bolso por três geadas consecutivas. Foi difícil começar de novo com quatro filhos, engrenar no sistema, no social, nas roupas apertadas e caras, na verdura e nos ovos da feira (que pouco antes abundavam no meu quintal).

A cidade me sufocava e me sentia fraca para superar as dificuldades e tantas exigências. Procurei os meus talentos. Pintei, experimentei a medicina (instrumentadora, técnica em EEG e hemodiálise), costurei, me tornei empresária e estilista; vivenciei a vitória e a derrota, e vi que ambas eram iguais: ilusões passageiras. Me descobri fraca e forte. Valeu, experiências! As primeiras perguntas de infância continuavam sem respostas. Curiosa continuava a persegui-las. Espiritismo, Rosa-Cruz, Blavatsky, Magias, Sufismo, Freud, Fisher- Hoffman, Terapias Alternativas, New Age, Esoterismo... e finalmente, na Física, oculto nas leis perfeitas, no equilíbrio, na imensidão do universo, encontrei Deus. Valeu, Einstein (entre tantos outros)!

Os atritos deixaram suas marcas. Interesses diversos, brigas e agressões, adolescência de quatro filhos, as dificuldades em lidar com as próprias arestas, com o afeto, a vitimização, a traição, a necessidade de auto-afirmação, me levaram à separação. Na liberdade de quarentona, no apogeu da mulher, me dei conta da importância do amor. Parti em busca do resgate do meu casamento, do meu companheiro de vida, do meu aprimoramento como pessoa, da harmonia familiar, da compreensão do diferente e do novo manifestado em meus filhos. Encontrei o Amor que á tudo supera. Valeu Billy, valeu meus filhos! O compartilhar das experiências e do amor fez-se necessário. Criei um curso de auto-conhecimento baseado nas leis da física, com tudo que havia funcionado em minha vida.

Os curiosos, os alunos de várias partes do mundo se interessaram pelo que eu havia aprendido; os resultados positivos em suas vidas trouxeram mais alunos... e continuam chegando mais. Animada e gratificada, incentivada por uma respeitada intelectual, me animei a dar mais um passo: escrevi um livro. Surpresa, vendeu a primeira edição, e mais outra e mais outra e mais.... escrevi outro. Já estou partindo para o quinto, todos vendendo. Achei incrível, mas descobri um novo talento. Valeu, Rose Marie Muraro! A aventura no desconhecido infinito da vida e do universo me fascinam. É uma busca solitária; nunca pertenci a grupos, sociedades, rótulos, não tenho títulos nem formação clássica, sou uma pessoa comum, sou curiosa. Continuo sem as respostas, mas já sei que sou pequena demais para encontrá-las; não importa.

Tenho 73 anos, dos quais 49 com o mesmo companheiro. E continuo buscando, me descobrindo a cada passo mais igual a você e a todos, nos descobrindo únicos. É uma busca plena em alegria no viver. VALEU, VIDA !




Premiações

Destaque Profissional do Inst. Brasileiro de Pesquisa e Estatística Cultural (São Paulo, 2000)

Medalha de Mérito Duque de Caxias (Rio de Janeiro, 1989)

Medalha de Mérito Alvorada (Brasília, 1987)


Curriculo


São mais de 30 anos contribuindo para o aperfeiçoamento do ser humano! Durante esse tempo:



  • Liderou grupos de estudo do livro UM CURSO EM MILAGRES, divulgando-o por todo país.

  • Teve mais de 10.000 alunos participando de seus cursos e treinamentos.

  • Participou de importantes Simposios e Congressos.

  • Foi entrevistada pelos mais importantes progamas de TV.

  • Ministrou cursos e treinamentos em empresas de grande porte.

  • Recebeu importantes premiações.

  • Em 2012 foi admitida como membro da OMA (Open Mind Academy – Konstanz-Suiça), com sua tese “MEDO É DESEJO”.



Hoje, o Instituto Anna Sharp oferece cursos, seminários e trabalhos de reciclagem voltados ao desenvolvimento pessoal, por meio do autoconhecimento, conscientização e harmonização do indivíduo como ser integral e participante do coletivo. As atividades podem ser realizadas dentro das empresas, adequando conteúdo e horários às necessidades de cada cliente, ou em suas instalações na Serra da Bocaina, entre o RJ e SP, com a infra-estrutura de uma ótima hospedagem para os encontros que requerem mais tempo e maior introspecção.




Publicações
Principais Clientes
Simpósios e Congressos